domingo, 3 de fevereiro de 2008

ATLÉTICO CLUBE PORTUS ALACER x Crato

Sábado dia 2 de Fevereiro de 2008, realizou-se mais um jogo do nosso Portus, avizinhava-se um jogo difícil, por diversos motivos, o Crato é das melhores equipas do campeonato,luta para ser campeão distrital e tem sem dúvida uma excelente equipa constituida na sua maioria por jogadores já bastante conhecidos nestas andanças como sãos os casos do Indio e do Pedro Canário.Era do lado do Crato que estava a pressão, quanto a nós Portus, tinhamos a tarefa de tentar contrariar o teórico favoritismo da equipa visitante. E foi isso mesmo que aconteceu, assistiu-se a um jogo muito equilibrado, com ocasiões de golo de parte a parte. O Crato entrou no jogo com a intenção de resolver o jogo cedo, e valeram 2 grandes defesas do Vampiro a negar o golo ao Crato. Estas 2 ocasioes acabariam por se tornar isoladas por parte do Crato, uma vez que na primeira parte nao tiveram mais ocasiões claras de golo, excepto claro, ao golo(muito consentido da nossa parte) que ditou o empate registado ao intervalo;voltando ao raciocínio, na primeira parte, depois destas 2 primeiras ocasiões, fomos nós, jogadores do Portus,quem "arregaçou as mangas" e com muito espírito de sacrificio e união de toda a equipa, conseguimos mostrar mais futebol que o Crato e criámos várias ocasiões de golo,que viria a aparecer num penalti clarissimo, convertido por Márcio("Miaggi"), fazendo-se justiça no marcador e dando vantagem á nossa equipa.Com o golo nada mudou, contudo o Crato fez alterções tácticas e reequilibrou o jogo, chegando mesmo á igualdade num lance como já referi, bastante consentido pela nossa equipa.Após o intervalo, o equilibrio continuou a ser nota dominante,mas apesar do equilibrio, é de salientar que ao contrário do Crato que nao teve claras chances de golo, talvez um ou outro lance mais perigoso e sempre de bola parada, foram do Portus as melhores ocasiões, primeiro por Vitor Tavares num lance que proporcionou uma boa defesa ao GR do Crato, depois foi Gonçalo a enviar a bola ao poste da baliza contrária,mas as ocasiões não ficaram por aqui, Filipe Meira de cabeça também teve proximo de marcar sendo a bola salva pelo defesa do Crato em cima da linha de golo. E quem não marca sofre, e mais uma vez num lance de bola parada, eis que surge Pedro Canário a elevar a contagem para o Crato, num lance onde houve clara falta deste avançado sobre o nosso defesa Ricardo Fouto, apoiando-se claramente nas suas costas com as mãos e pernas,lance este que o arbitro bem posicionado fez "vista grossa" e validou mesmo o golo ao Crato.O Portus contudo não baixou os braços, aliando a partir daqui também o sentimento de injustiça(o que impulsionou ainda mais a equipa) que se verificava no jogo após o golo do Crato e nas circunstâncias em que este foi.A partir daqui só deu Portus, com constantes ataques á baliza do Crato.Fé isolado após uma grande jogada da equipa não foi capaz de fazer golo, e mais tarde Gonçalo de cabeça(após uma grande jogada de Mário Cardoso) a proporcionar uma grande defesa ao GR do Crato.Na sequência do canto, outra vez Meira de cabeça a errar o cabecemento por milimetros.Verificava-se então um bom jogo de futebol nesta altura, até que já perto do final, o fiscal de linha do lado da bancada (o mesmo senhor que já apitou o Portus em varios jogos e sempre nos prejudica a olhos vistos que começa a pairar no ar a má intenção deste individuo para com o nosso clube) começa aquilo que viria a manchar o jogo pela negativa, provocando a exulsao do nosso jogador Pacheco de forma injusta,seguindo-se o nosso treinador José Monteiro e cartões amarelos consecutivos a vários jogadores do Portus, isto sem no entanto se ter verificado ofensas ao mesmo fiscal de linha, não quero desculpar os jogadores do Portus pelos cartões amarelos e vermelho mas para quem assistiu ao jogo foi unânime a opinião de que o trio de arbitragem foi o único culpado desta situação,lamentável.Até final do jogo o Portus ainda efectuou 2 cruzamentos para a área sem contudo criar perigo de maior. Final do jogo com a vitória do Crato por 1-2, sem contudo justificar o favoritismo que lhe era imposto por tradição neste campeonato. A haver um vencedor seria sem dúvida o Portus,o Crato aproveitou as falhas do Portus no lance do 1º golo, e do arbitro no 2º, e teve a estrela da sorte do seu lado ate final do jogo.Aos jogadores do nosso Portus, os meus parabéns e que continuem a ter a atitude demonstrada neste jogo, as vitórias surgirão naturalmente.Alinharam neste Jogo:Gr-Vampiro,Defesa Direito-Pacheco,Defesa Esquerdo-Lino,Defesas Centrais-Alexandre e Ricardo Fouto,Médio Direito-Marcio,Médio Esquerdo-Fé, Médios Centro-Filipe Meira,Gonçalo e Mário Cardoso,Avançado-Vitor Tavares.Entraram:Vitor Rato,Bacalhau e Paulo Silva.

1 comentário:

vamp disse...

Gonçalinho, já vi que tens jeito para isto, podias ir para jornalista, gostei muito do teu comentário ao jogo. Esta semana temos que ganhar ao montargilense, temos que dar um pontapé nesta pequena crise que já dura a alguns jogos, é que a nossa equipa não merece o lugar que ocupa, nós somos capaz de muito mais, eu acredito que sim, por isso embora lá ganhar aquela equipinha, lol!!!

rui realinho